Segurança em e eficiência nos condomínios

Em seu condomínio a portaria é eficiente?

 

Infelizmente são poucos os que podem afirmar com convicção que a portaria de seu condomínio é eficiente.Quantas vezes sua campainha tocou e ao atender você se deparou com uma visita que não havia sido anunciada? Ou então ao entrar no elevador teve como companhia o entregador de pizza, remédios, etc? E quando ao sair do prédio viu o porteiro conversando com um pedestre, não morador do condomínio?

O homem é um ser inteligente e o brasileiro especialmente é conhecido por seu “jogo de cintura” para driblar as regras. Infelizmente temos observado uma crescente ousadia dos bandidos utilizando toda sua malandragem para envolver as pessoas despreparadas, ganhando sua confiança para ter acesso ao condomínio de seu interesse.

Observe a seguir a ação que os bandidos desenvolveram há tempos. Um dos seus comparsas passa a passear com um cachorrinho na calçada do condomínio 2 vezes ao dia, sempre no mesmo horário, no segundo dia passa cumprimentando o porteiro, já no terceiro ou quarto dia para próximo a portaria, para o cachorro farejar calmamente e aproveita para puxar conversa com o porteiro ou faxineiro, como esta pessoa está diariamente por ali tem-se a sensação dela ser uma pessoa conhecida e com isso baixa-se a guarda e começa uma conversa…… pronto mais uma das grandes habilidades brasileira, ser muito comunicativo e sociável e com isso conseguir informações ou até mesmo o acesso ao condomínio.

Como proteger o condomínio? Há ações onde não haja grandes dispêndios financeiros? Sim,existem medidas simples que farão a diferença:

1 – O porteiro deve apenas cuidar da segurança referente ao acesso ao condomínio e nunca acumular funções, portanto ele não deve colocar o lixo na rua, por exemplo;

2 – Os funcionários devem participar de cursos para serem devidamente orientados quanto as suas funções como também com relação a segurança;

3 – Os funcionários não devem andar na rua vestidos com o uniforme, pois ele identifica o condomínio e com isso tem a possibilidade de serem abordados e forçados a liberar a entrada dos mesmos;

4 –  Não autorizar a entrada dos entregadores;

5 – Para liberação da entrada dos prestadores de serviços, como domésticas, pedreiros e outros, os condôminos devem entregar na portaria a autorização por escrito, constando sua identificação e da unidade, o nome e documento do prestador bem como dia e horário de sua prestação de serviço;

6 –  Manter um controle dos carros dos condôminos, constando modelo, cor, placa e proprietário;

7 – Desenvolver um plano de emergência e treinar os funcionários para aplicá-lo no caso de invasão ao condomínio.

Edilene Mangini – Sindica Profissional

logo

Comentários

  1. Excelente a matéria. Parabéns.

    1. modernhouse disse:

      Bom dia Sr. Ignacio Araujo, temos satisfação em receber seus comentários, ficamos muito felizes em saber que a matéria agradou, estamos a disposição para elaborar mais matérias sobre condomínios, Em nome da Equipe da Rede Modern House vos agradeço! O mérito da matéria é exclusivo da Edilene Mangini da Elegante Administração.

      Aldo Ramos
      Consultor de Negócios

    2. Edilene disse:

      Obrigada pelo comentário Sr. Ignacio, fico feliz em poder agregar conhecimento. Sobre qual assunto o Sr. tem interesse para as próximas matérias?

      Edilene Mangini
      Síndica Profissional
      Elegante Administração

  2. ZARIF disse:

    Obrigado! Sr. Ignacio Araujo, por seus Comentários.

    1. modernhouse disse:

      Sr. Antonio Andrade!
      Ficamos muito felizes com seu comentário, com certeza o Senhor tem toda razão, por isso é que esse tema aparentemente simples foi colocado em questão. Hoje em dia percebemos muitos descasos com porteiros, uma falta total de educação e respeito com quem cuida de nós, todos nós sabemos que todo trabalho é digno, e o trabalho do porteiro tem responsabilidades muito grandes, ele garante a segurança e integridade do edifício, nos comunica os eventos imediatamente que acontecem, entre outras funções de vital importância, que muitas vezes não percebemos aliás, só percebemos quando ele erra, e aí quando ele acerta ? o que fazemos para agradecer? É um ser humano que está ali de prontidão para garantir nossas vidas, considerando os perigos do dia a dia…
      Acredito que alguns em casos, provocar mudanças de comportamento, aplicar boas praticas de convivência Social, ou até conversas simples e educadas, com tom de Conversa, e não de bronca, muitas vezes são muito relevantes e agregam muito valor e qualidade de vida para todos.
      Já li em algum lugar do Facebook algo do Tipo: “Não adianta ter título de Doutor e não respeitar nem cumprimentar o porteiro”.
      Senhor Antonio Andrade, qual sua visão e importância em relação a Engenharia Social nos Condomínios?
      Muito Obrigado!

  3. Edilene disse:

    Boa tarde Sr. Antonio Andrade
    Concordo plenamente com o senhor quando diz que os porteiros devem ser respeitados, não só pelo fato de terem informações de todos os moradores, mas sim por ser uma profissão, é um ser humano que está se dedicando a um trabalho de grande valor,embora muitos não percebam.
    O porteiro deve ser respeitado tanto no trato quando na valorização de sua tarefa, é muito importante que seja proporcionado cursos periodicamente, pois somente um profissional preparado não cai na armadilha da engenharia social.

    Edilene Mangini
    Síndica Profissional
    Elegante Administração

  4. Pingback: Modern House

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =